24 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
13/04/24 às 13h02 - Atualizado em 15/04/24 às 15h16

Operação de Combate à Dengue: Um Sucesso!

COMPARTILHAR


          

     

A 2ª operação de combate à dengue em Arniqueira, realizada na sexta-feira (12), reuniu cerca de 300 participantes e envolveu 10 órgãos do GDF, além da Cruz Vermelha Brasileira e os Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil.
         

  •        Telma Rufino, administradora regional de Arniqueira fala ao megafone sobre a Operação no Combate à dengue
  • (Foto: Ascom/Bertolucci/RA33)

A região experimentou um aumento de dois mil por cento nos casos de dengue nos primeiros quatro meses de 2024, comparado a 2023. No ano anterior, foram registrados 57 casos, enquanto em 2024 já são 1197, conforme dados divulgados pela Secretaria de Saúde na última quinta-feira (11).     

      Essa explosão nos casos de dengue levou a Administração Regional de Arniqueira e o GDF a realizarem a segunda operação na RA em menos de 30 dias.

        Cerca de 120 militares do Grupamento de Fuzileiros Navais se juntaram aos 35 militares do Corpo de Bombeiros e mais 40 agentes da vigilância ambiental em uma ação intensiva no SHA de Arniqueira, procurando possíveis focos do mosquito.


  • 45 militares dos Corpo de Bombeiros participaram da ação 
  • Foto: Ascom RA33/ Bertolucci

       Foram formadas 50 equipes, cada uma composta por 5 pessoas entre agentes da vigilância ambiental, militares da marinha, bombeiros e servidores da administração regional.

        As vistorias nos domicílios começaram às 7h. Conforme dados da Vigilância Ambiental, cerca de 1200 imóveis foram vistoriados e encontrados 3,3 mil depósitos de água, além de terem sido coletadas 27 amostras, que foram encaminhadas para análise. Também foram utilizadas mais de mil pastilhas de larvicidas.

  • Administradora Regional, perfilada com alguns dos envolvidos na Operação contra o mosquito Aedes Aegypti 
  • Foto: Ascom/RA33/Bertolucci

        A chefe da vigilância ambiental na região, Herica Cristina Bassani, ficou surpresa ao encontrar em um único domicílo no Verdão,  centenas de possíveis larvas do Aedes aegypti em vários locais, na mesma casa. As larvas foram encontradas em uma canaleta com água parada, em uma lona com acúmulo de água e em dezenas de pneus jogados no fundo da residência, dentro de um pequeno córrego. Ao conversar com a moradora da residência, a agente ambiental salientou sobre a importância de todos se envolverem na eliminação dos criadouros do mosquito.

   

  • Cruz Vermelha Brasileira (Filial DF) atuou ao lado dos militares da Marinha,
  • Vigilância Ambiental, Bombeiros e servidores da RA33  – Foto:Ascom RA33/Bertolucci

      Para Telma Rufino, coordenadora da ação e administradora regional de Arniqueira, a operação era necessária para concluir as vistorias iniciadas na primeira operação, realizada em março, com o objetivo de reduzir os números de casos de dengue na cidade. "Mais de mil casos confirmados em apenas quatro meses é muito. Precisávamos dessa operação para finalizar essa ação importante que começou em março", ressaltou Telma.

  • Telma Rufino ao lado do Comandante dos Fuzileiros Navais, capitão de Mar e Guerra, Marcus Braga
  • Foto: Ascom /RA33/Bertolucci

        Além das vistorias, a Operação também retirou lixo e inservíveis acumulados em uma calçada na ADE, além de abrir uma campanha, até terça-feira (16). Os moradores foram convidados a deixar,  na frente da sua residência , os inservíveis que possam servir como criadouro do mosquito da dengue. Ao fazer isso, o morador deve ligar no Disque 162, e registar a demanda de retirada, para que a administração regional , recolha os objetos . 

Serviço:

– 2ª Operação de Combate à Dengue;Local: Região Administrativa de Arniqueira;

– Data: sexta-feira, 12/04, das 7h às 17h;

– Participantes: 300 pessoas;

– Envolvidos: 20 voluntários da Cruz Vermelha Brasileira (filial DF); 120 militares da Marinha do Brasil (Grupamento de Fuzileiros Navais); 40 Agentes da Vigilância Ambiental; 35 Militares do Corpo de Bombeiros; Defesa Civil, 15 Policiais Militares do 17ºBPM; 45 Funcionários da Administração Regional de Arniqueira; 15 Auditores da secretaria DFLEGAL; 5 servidores do GDF PRESENTE POLO II;  10 Servidores do SLU; 5 Servidores da Secretaria de Saúde;

– Domicílios visitados: 1.200;

– Depósitos com água parada eliminados: 3.350;

– Amostras coletadas com larvas: 27;

– Larvicidas utilizados: 1.120.

Mapa do site Dúvidas frequentes